Sina - Djavan

Postado Por: Carlos A. de Alencar


"O luar, estrela do mar. O sol e o dom, quiçá, um dia a fúria. Desse front virá lapidar"






Pai e mãe, ouro de mina
Coração, desejo e sina
Tudo mais, pura rotina, jazz
Tocarei seu nome pra poder falar de amor
Minha princesa, art-nouveau
Da natureza, tudo o mais
Pura beleza, jazz
A luz de um grande prazer é irremediável neon
Quando o grito do prazer açoitar o ar, reveillon
O luar, estrela do mar
O sol e o dom, quiçá, um dia a fúria
Desse front virá lapidar
O sonho até gerar o som
Como querer caetanear o que há de bom
Compartilhe nas redes sociais: Facebook Twitter Google+