Costa Rica fechará todos os seus zoológicos e libertará animais


Foto: Tambako The Jaguar/Creative Commons
O país da América Central tem uma das mais ricas biodiversidades do planeta, com 4% de todas as espécies conhecidas. É também referência mundial no uso de fontes alternativas de energia.
E, agora, a Costa Rica dá mais um exemplo para o mundo: em uma década, as autoridades costa-riquenhas fecharão todos os parques e zoológicos do país. Os contratos com as instalações têm mais 10 anos de funcionamento garantido pela Justiça.


René Castro, ministro costa-riquenho do Meio Ambiente, afirmou que o país está conseguindo “desmontar as jaulas e reforçar a ideia de interação com a biodiversidade em parques botânicos, de uma maneira natural”. “Não queremos animais em cativeiros e encarcerados de modo algum, a não ser resgatá-los e protegê-los”, completou Castro.
Ele pontuou ainda que “todos os tipos de animais que estejam em cativeiro e que não tenham condições de sobreviver, sozinhos, em um ambiente natural” serão atendidos em instalações próprias para resgate e refúgio da vida silvestre.

Compartilhe nas redes sociais: Facebook Twitter Google+