Cachorrinha resgatada por ciclistas após atropelamento dá à luz nove filhotes


A cadela resgatada por ciclistas em uma rodovia próximo a Ribeirão Preto (SP) na semana passada deu à luz nove filhotes. Vida, como passou a ser chamada, teria sido atropelada na manhã de domingo (3). Ela passou por uma cesariana nesta terça-feira (5) e os filhotes nasceram saudáveis. Todos estão recebendo cuidados em uma clínica veterinária.
“Ela não sobreviveria se não tivesse passado o Chico, os ciclistas, o doutor ou eu. Ela ia morrer ali”, diz a bombeiro Yolanda Silva Evaristo, que ajudou a socorrer o animal.


Resgate na rodovia
O repórter cinematográfico Chico Escolano contou que pedalava pela Rodovia Candido Portinari, entre Brodowski (SP) e Ribeirão Preto, quando viu os ciclistas prestando socorro ao cão e também parou para ajudar.
A cadela estava deitada em uma calha no canteiro central da rodovia. Ela sofreu fraturas nas patas dianteira e traseira, e não conseguia se locomover.
O uivo e a cena da cadela prenha e ferida comoveram o grupo. Durante o socorro, o médico Arthur Polano Spreafico e a bombeiro Yolanda, que passavam pelo local, prestaram auxílio para imobilizar as patas.
Yolanda conta que a surpresa foi grande ao perceber a mobilização no meio da rodovia para ajudar a cadela. “Pensei que pudesse ter sido um atropelamento de ciclista ou uma queda. Parei o carro e foi quando eu me deparei com o Chico, muito emocionado, e vi uma cachorrinha. Ela estava quieta, amuada, machucada. Você olhava ela e parecia que ela dizia ‘me ajuda’.”
Ciclistas contaram com apoio de médico e de uma bombeiro para socorrer cadela (Foto: Chico Escolano/EPTV)Ciclistas contaram com apoio de médico e de uma bombeiro para socorrer cadela (Foto: Chico Escolano/EPTV)
O grupo usou pedaços de papelão e esparadrapo para imobilizar as patas e colocou a cadela no carro do médico, que a levou a uma clínica veterinária. “Eu me senti responsabilizado naquele momento. Um dos meninos que ajudou a socorrer pôs a mão na barriga dela e disse que tinha os filhotinhos mexendo.”
A observação levou Spreafico a dar o nome de Vida à cadela. “Foi uma coisa que me tocou. Vim pensando na vida e nas vidas que ela tinha dentro dela, nessa ajuda que nós estávamos dando pra ela se manter viva.”
Vida foi achada ferida em rodovia entre Ribeirão Preto e Brodowiski (Foto: Chico Escolano/EPTV)Vida foi achada ferida em rodovia entre Ribeirão Preto e Brodowiski (Foto: Chico Escolano/EPTV)
Vida nova
A cadela ainda deverá passar por dois procedimentos cirúrgicos para corrigir as fraturas causadas pelo atropelamento. Até lá, ela aproveita os dias na clínica para repousar e ficar com os filhotes.
Por causa das dores dos ferimentos e até mesmo da cesárea, Vida está recebendo medicamentos. O estresse fez com que o leite diminuísse, e os filhotes, cinco fêmeas e quatro machos, estão recebendo um complemento alimentar especial com o auxílio de mamadeiras.
Segundo a médica veterinária Carolina Galdiano, os filhotes poderão ser adotados após desmamarem, o que deve levar 35 dias.
A guarda provisória de Vida é de Spreafico, mas ele tem contado com a ajuda de ONGs de proteção animal e de outras pessoas para bancar os custos do tratamento. Em uma rede social, a página Amigos da Vida, ajuda a arrecadar fundos para a família. “Toda ajuda é bem-vinda e tem muita gente se envolvendo de um jeito muito bonito.”
Vida e seus nove filhotes estão sendo cuidados em uma clínica veterinária em Ribeirão Preto (Foto: Chico Escolano/EPTV)Vida e seus nove filhotes estão sendo cuidados em uma clínica veterinária (Foto: Chico Escolano/EPTV)
Com informações do G1
Compartilhe nas redes sociais: Facebook Twitter Google+