Gato refugiado do Iraque reencontra família na Europa


Separados pela guerra (vulgo incoerência humana), mas com um final emocionante. A vida tem dessas coisas, “besteira” pra algumas pessoas, mas uma corrente necessária que nos aproxima do nosso lado mais humano. 
A vida é feita das “pequenas coisas”, são atos como esses, uma pequena grande mobilização que conseguiu promover o reencontro de um gato com sua família que teve que fugir do seu país de origem (Iraque) em busca de uma oportunidade melhor na Europa. 




IRAQUE_gato-refugiado-02
Eles fugiram sim, mas sem deixar seu amigo felino pra traz, mas não se sabe oque eles tiveram de enfrentar em sua caminhada, mas acabaram se separando do seu gato na ilha Grega de Lesbos no último novembro (2015).

A família ainda procurou pelo gato por um tempo, mas imaginem as complicações. Eles acabaram sendo forçados a seguir em frente deixando seu amigo para trás. Felizmente existe gente boa nesse mundo, assim como você que está lendo esse post, que abrigou o gato, garantiu que ele fosse alimentado e bem cuidado. E fizeram uma mega mobilização pra encontrar sua família. (veja o mapa da viagem que o gato fez para reencontrar sua família).

IRAQUE_gato-refugiado-05

Os voluntários espalharam folhetos e imagens nas redes sociais, que ajudou a promover o reencontro. O primeiro contato foi via skype e com a ajuda de doações o gatinho conseguiu viajar pra Noruega pra reencontrar sua família.

IRAQUE_gato-refugiado-04

Nunca menospreze o poder de uma corrente, de um pedido de ajuda, pois seu simples ato de compartilhar uma imagem, pode sim ajudar a mudar o mundo, mesmo que seja o mundo de uma família e do seu gato.

Com informações do Cat Club
Compartilhe nas redes sociais: Facebook Twitter Google+