Panda gigante sai da lista de espécies em perigo de extinção


Como resultado de ações conservacionistas, o panda gigante da China deixou a lista de animais ameaçados de extinção, sendo classificado agora como “vulnerável”. A informação foi divulgada neste domingo pela União Internacional para Conservação da Natureza (UICN), durante congresso que está sendo realizado no Havaí, nos EUA. De acordo com a entidade, a população da espécie aumentou 17% em uma década, tendo em 2014 1.864 animais em liberdade.





A população de pandas avançou graças a ações de conservação adotadas pelo governo chinês. Além do aumento no número de espécimes, o alcance geográfico cresceu quase 12% desde 2003, de acordo com levantamento realizado pela organização World Wildlife Fund (WWF).

— Por quase 15 anos, o panda gigante foi o ícone mais amado da conservação no mundo, assim como símbolo da WWF. Saber que o panda agora está a um passo mais distante da extinção é um momento excitante para todos comprometidos na conservação da vida selvagem e seus habitats — disse Marco Lambertini, direto geral da WWF. — A recuperação do panda mostra que quando a ciência, a vontade política e o engajamento das comunidades locais se untem, é possível salvar a vida selvagem e melhorar a biodiversidade.

Para ler mais sobre isso, acesse O Globo

Compartilhe nas redes sociais: Facebook Twitter Google+