Os peixes pensam? Peixinho de aquário ajuda seu amigo doente e mostra que sim


Um estudante japonês tem dois peixinhos em seu aquário e de uns dia pra cá, percebeu que um deles só ficava no fundo do aquário e nadava com dificuldade.  
"Ele mal conseguia nadar e quando nadava, era de um modo estranho, fiquei triste porque sabia que ele morreria logo ali no fundo sem conseguir a superfície pra se alimentar"

Mas surpreendentemente, o peixinho permanecia vivo, mesmo depois de passar muito dias sem comer. Ao menos era o que o dono pensava.
Então decidiu tentar descobrir o que acontecia naquele pequeno universo marinho e colocou uma câmera para filmar os peixes. 





Quando foi assistir ao vídeo o que viu foi impressionante, o peixinho laranja estava ajudando o amigo doente a alcançar a comida flutuando na superfície.

Não está claro qual foi o fator que motivou o comportamento aparentemente benevolente do peixe. Uma coisa é certa - com novas pesquisas científicas emergentes, entendemos que estas criaturas são muito mais complexa do que se pensava anteriormente.

Como um biólogo especializado em comportamento animal e as emoções, eu passei os últimos quatro anos a explorar a ciência sobre a vida interior de peixes. O que eu descobri indica que subestimamos grosseiramente esses vertebrados marinhos fabulosamente diversos. A evidência acumulada leva a uma conclusão inescapável: os peixes pensam e sentem" disse 
Jonathan Balcombe, diretor da senciência animal do Humane Society Institute for Science and Policy.

Veja o vídeo:






Compartilhe nas redes sociais: Facebook Twitter Google+