Uma história de muito amor: cães participam de cerimônia de casamento e conquistam a todos


por Vic Tavares


Um casal resolveu levar seus cães para cerimônia de casamento, o que eles não esperavam, é que após postar as imagens em um grupo de animais no facebook, é que fariam tanto sucesso. 

Acompanhe um pouco dessa história linda de amor que o casal dividiu conosco:

Quando Insano surgiu na vida de Mário e Rafaela, eles ainda viviam em cidades diferentes, mas mesmo assim, na carteirinha de vacinação do pequeno cão, já constavam os sobrenomes dos dois, como proprietários: Insano Carneiro Santiago Rosi, que era na verdade, um presente pra uma amiga de Rafaela, que não resistiu as longas orelhas marrons do cachorrinho, e acabou ficando com ele. 





Ali, começava a família da arquiteta e do médico. 

E como toda família quer uma casa, eles foram morar juntos depois de apenas 6 meses de namoro. 
Nessa época, Rafaela ainda era estudante e virava as noites fazendo projetos pra faculdade e era Insano que lhe fazia companhia, e também quem dividia com ela a angústia que sentia quando Mário precisava acompanhar pacientes em transferência para outras cidades e eles perdiam a comunicação enquanto o médico estava na estrada. 

Tudo que o cãozinho fazia era compartilhado e comemorado entre eles. 

Mas, algumas vezes, Insano acabava atrapalhando, quando Rafa precisava fazer plantas baixas pra faculdade e usava o chão pra desenhar...

"Meu marido vendo aquilo, me entregou um dinheiro para comprar uma prancheta de desenho, e no meio do caminho todos os planos mudaram. Passei em um pet shop para comprar ração pro meu menino e eis que vejo uma coisinha orelhuda, toda manchada e com um olharzinho absolutamente doce. A prancheta virou a Leona, que chegou em casa com as patas machucadas da gaiola e que, em pouco tempo, dominou o coração de todos. Até do Insano. A família tinha aumentado, eu continuava desenhando no chão, mas a vida estava uma delicia!"

Um tempo depois, Mário chegou ao apartamento com a notícia de que eles precisariam dividir o lar com Enzzo, um pastor alemão, último filhote de uma ninhada do cão de um amigo e que eles tinham 30 dias pra buscá-lo.
A família tinha aumentado, mas o apartamento ainda era o mesmo, então uma mudança pra uma casa se tornou um objetivo que precisava ser alcançado.

30 dias foi o tempo que tiveram pra encontrar uma casa e encontraram!
Então chegou Enzzo e logo após chegou Anita, que estava sendo vendida pra ser matriz, mas certamente teria uma vida melhor nessa família que só aumentava. 


Agora Rafaela e Mário tinha não um, mas 4 filhos de 4 patas!

O casal então fez uma viagem, e durante esse período, Insano e Leona cruzaram, e com medo que os filhotes nascessem longe deles, durante uma outra viagem que fizeram, levaram papai e mamãe. Os filhotes não nasceram, mas Insano muito danado, acabou cruzando com outra cadelinha e novamente, depois de um tempinho, Rafa e Mário viajaram novamente, dessa fez para buscar os filhotes de Insano.

Estão conseguindo acompanhar todas as aventuras dessa família?

Então vamos lá, dos filhotes de Insano, eles ficaram com Manuella, os outros foram doados, e dos filhotes de Insano e Leona, ficaram com Bernardo e Valentina. 

Agora o casal eram os pais de 7 filhos peludos, felizes e devidamente castrados, já que não existia espaço pra mais ninguém. Quer dizer, espaço no coração ainda sobrava, e assim chegou Heitor, um akita que mais parecia um ursinho polar e conquistou a todos. 

E foi então que, depois de anos dividindo o mesmo teto, veio o pedido de casamento e com ele a certeza de que o cães precisariam estar com eles nesse momento tão importante. 

Local escolhido, a certeza que Leona e Insano levariam as alianças e a dúvida do que fazer com os outros 6 cães, porque sabiam que seria impossível controlar todos, mas queriam que eles também estivessem presentes. 

"Eles faziam parte de nossas vidas e não tinha como excluí-los desse momento tão importante para nós. Mas e outros? Não iriam? Bom, obviamente não conseguiríamos controlar 8 cachorros em um casamento e então tivemos a ideia de fazer um ensaio fotográfico antes do casamento com os 6 que não estariam lá no dia" disse Rafa.

Quando o casal contava aos amigos e família sobre a decisão de levarem os cães pro altar, eles demonstravam surpresa e preocupação, mas como tudo foi pensado e planejado nos mínimos detalhes, o casal sabia que no fim tudo daria certo.












"Pensamos em cada mínimo detalhe da festa, desde onde ficariam as crianças depois da cerimônia até o contrato de uma queima de fogos com ruído reduzido. Tudo foi decidido em conjunto e meu marido quis participar de absolutamente tudo. Até as guirlandas passaram pela aprovação dele. Nos perguntam se os treinamos, e a resposta é negativa; preferimos deixar que mantivessem sua identidade, apenas os acostumamos com as flores no pescoço. Insano entrou puxando como se não houvesse amanha e Leona entrou tranquila e confiante. Na hora das trocas de alianças e de abraçar o pastor, Insano puxava loucamente a coleira querendo cheirar a grama. Mas sabíamos que isso ia acontecer. E também nos perguntam sobre quem celebrou a cerimônia. Foi o Pastor Marcelo, da Igreja Sal da Terra, que nos recebeu maravilhosamente bem quando o procuramos, mesmo não frequentando sua igreja. Quando falamos, com receio, que as crianças levariam as alianças, ele imediatamente respondeu: “-Por mim não tem problema nenhum, são criaturas de Deus.” Nossa cerimônia foi linda, o pastor conduziu tudo brilhantemente e nos emocionamos muito ao ver aquelas duas criaturinhas vindo ao nosso encontro. Saber que eles fizeram parte de todos os nossos passos e que estavam ali, levando aquele tesouro que eram nossas alianças, fez a gente desabar no altar. Se eles não estivessem lá, não estaríamos tão plenos" finalizou Rafaela, que super grata, primeiro a sua família maravilhosa e depois a todo carinho que eles vem recebendo de todas essas pessoas. que até então, eles sequer conheciam.

Vejam mais fotos e conheçam mais um pouco dessa família maravilhosa:
















Créditos das imagens:
Tahis Carvalho
Compartilhe nas redes sociais: Facebook Twitter Google+